Follow by Email

terça-feira, 28 de junho de 2011

O que os Homens gostam: Os tipos de mulheres.



Coisa complicada é homem... só isso tenho a dizer !!



#Safada

Veja bem, a safada a qual me refiro é aquela que usa roupa provocante, é fácil, dança até o chão, e se agarra no meio de todo mundo, com qualquer um.
>>Bom: O lado bom é simples, nada de doce. A safada vai te dar o que queres, na hora que queres.
>>Ruim: Não é o tipo de mulher que você quer pra apresentar para os seus pais. Ou seja, nada sério.
>>Se você é a "safada": Se você tem consciência de que quer se divertir, e não liga para o que os outros pensam, vá em frente. Não quero induzir ninguém a mudar algo, só estou mostrando a opniao de vários homens. A "safada" recebe amor, e dá, porém de forma rápida. Enquanto for jovem, é recomendo se divertir, porém quando virar mãe de família, recomendo parar. (Apesar de conhecer umas donas de casa que são muito safadas, e quando o marido sai...) Enfim a safada às vezes é muito mais feliz (por faz o que quer) do que a santinha.


#Santinha
A santinha tem seu charme: A inocência, a ingenuidade. Existem homens que adoram isso, outros não são tão fã assim. Porém, ela é meiga, carinhosa, e inexperiente (Leia inexperiente como: Não conhece muitas coisas na cama, homens odeiam críticas.)
>>Bom: Esse tipo de mulher, você apresenta para os pais, leva para jantar, etc. Ela é normalmente a mulher "fixa". Você apresenta para os amigos, e todos têm respeito por ela, por se tratar de uma mulher de respeito.
>>Ruim: Enjoa. Ela testa até onde vai sua paciência. Por isso várias são traídas, os homens querendo ou não têm necessidades. E as “santinhas” nunca oferecem algo novo, elas não têm curiosidade (de cunho sexual). O que torna a relação cansativa, e conseqüentemente insuportável.
>>Se você é uma “santinha”: Normalmente a santinha é uma fase, porque depois que provam do pecado, pega gosto. Entretanto, há mulheres que nascem e morrem santinhas. Antigamente a maioria das mulheres era assim. Sua avó por exemplo, não deve ter curtido com vários namorados, antes de se casar. O que é triste. Em minha opinião, a era das santinhas já acabou.


#Pegadora
Diferente da “safada”, e o inverso da santinha. A pegadora não é fácil e não tem doce. Ela é uma mulher com “pensamento” masculino. Ela vai para uma festa para caçar. Ela escolhe uma vítima, e ataca. Ela não quer que ligue no dia seguinte. E é Ela, que não quer se apegar. Normalmente, tem uma super auto-estima, combinada com seu corpo de academia. Ela é gostosa, e o pior, sabe disso.
>>Bom: Quem não quer uma gostosa? Ela sabe o que fazer, tem iniciativa, é uma mulher e tanto.
>>Ruim: Ela não quer nada sério, pegadoras não vão te dar moral, a menos que você seja muito bom de cama, e mesmo assim a encontrará uma vez na semana. Até ela encontrar algo melhor. Quem manda, é ela. Não você.
>>Se você é uma “pegadora”: Sorte sua. Você tem o que muitas mulheres querem: poder, controle, confiança. Porém, sofrem como alguns homens. Nunca está satisfeita, e normalmente a pegadora é só uma menina que teve seu coração partido, e ficou gostosa desiludida com os homens.


#Nerd
A nerd, de uma forma geral, é a inteligente, a estudiosa, porém não é santinha. Ela quer se divertir, mas normalmente suas qualidades físicas são poucas.
>>Bom: Baixa auto-estima, carência. (isso é bom para os homens)
>>Ruim: É o ditado “Mulher feia é como pantufa, em casa agente usa, mas pra sair na rua dá uma vergonha” Muitos caras, vão pegar simplesmente por pegar.
>>Se você é uma “nerd”: Fique gostosa, tenha o coração partido e vire a “pegadora”. Realmente, não tenho muitas dicas. Como ‘os’ nerds, ‘as’ nerds não tem muito a ganhar no emocional, porém normalmente, são ótimas no campo profissional. E vai nessa porque ninguém resiste a uma mulher em um Audi TT, ninguém!







#Descolada
São aquelas com roupas diferentes, opiniões próprias, “alternativas”. Super cabeças, sabem conversar sobre tudo, gostam de bandas estranhas entre outras coisas. Ah, aqui eu estou falando das não-sapatões. (A maioria desse “tipo” é.)
>>Bom: Terá conversas agradáveis, visitará lugares diferentes, entre outras coisas que se faz poucas vezes na vida.
>>Ruim: Nunca dura muito, é tudo muito confuso. Vou usar um exemplo idiota, mas é como comida japonesa. Normalmente, você prova, pode até comer de vez em quando, mas volta para o arroz e feijão. (Claro que há pessoas, que depois que provam, nunca mais voltam para o arroz.)
>>Se você é uma “descolada”: Normalmente não aceitará dicas desse blog, nem de ninguem. Por serem cabeças feitas, normalmente tem opiniões formadas, e são assim porque querem.





#Patricinha
Ah, patricinhas não se precisa definir. Estão acostumadas com tudo na mão, são mimadas, endinheiradas, entre outras coisas que a definem.
>>Bom: Poucas coisas são boas, os presentes, o conversível dela, etc. A maioria é bonita, (o que plásticas e tratamentos não fazem?) Ah, e no que diz respeito à “cama”, a maioria não tem medo de tentar coisas novas. E são desinibidas ( vide Paris Hilton.)
>>Ruim: São mimadas, querem tudo na mão. Nunca precisaram suar para nada, por isso não dão valor às coisas. É o tipo de pessoa, que você não levaria para um churrasco entre amigos. E se você não faz parte do mundo dela, provavelmente não irá entrar.
>>Se você é uma “patricinha”: Bem, se preocupe em gastar dinheiro se divertindo. Mas humildade é legal, fora que precisa dar valor as coisas e abrir a mente, para aumentar seu mundo cor-de-rosa.







#Ilusão
É aquela, que dança como safada, pensa que é rica como a patricinha, que é gostosa como a pegadora, inteligente como a nerd, etc. Porém é só fogo de palha.
>>Bom: Ela engana bem, se queres enganar seus amigos, aparecer. Surpreender a ex, enfim.
>>Rum: O resto. Ela não serve para relacionamentos, é só “chove não molha”.
>>Se você é uma “ilusão”: Pare de parecer e seja. Tome decisões, escolha o que quere. Ninguém gosta de ser enganado. Muito menos desse tipo de “doce”. (Mais informações sobre “doce”, vide “Diga não ao cu doce”.)












#Emo/Seguidora de modinha.

Precisa se fazer a diferença entre esse tipo e a Descolada, se ela não for "cabeça" e for superficial, ela é a Emo Girl. (Isso mesmo, nada mais do que uma Patricinha querendo parecer diferente.)
>>Bom: Muitas delas são riquinhas, e bonitas. (Piedade as que nem isso são)
>>Ruim: Serve de passatempo, algumas tem um charme "bontinho". E se você (homem) é emo deve preferir esse tipo.
Ou então o tipo com Pênis.
>>Se você é uma "Emo": Você ainda é uma menina. Convenhamos não existe uma mulher assim, apenas meninas. (Mas existem mulheres Descoladas) Então, cresça ou coloque algo na sua cabeça. Eu recomendo os dois.










#Interesseira.(Foto: Dono da Renault.)
Fácil de identificar, entram nesse tipo a: Maria gasolina, Maria chuteira, etc. São mulheres que não só gostam de um cara estável, da segurança que um homem responsável traz, elas gostam mesmo é de dinheiro.
>>Bom: Se você é rico aproveite!
>>Ruim: Se você não é rico, sinto muito. E mesmo pra quem é rico (e inteligente) uma interesseira não é uma mulher para construir uma família, quem pega, pega apenas por pegar.
>>Se você é uma "interesseira": Eu não tenho nada contra, se eu encontrar um corôa rico não pensarei duas vezes. Porém penso que não é levada a sério assumindo essa postura.


#Mulher Macho.
Cheia de amigos homens, jogam video-game, gostam de futebol, falam palavrões e se depilam com um cutelo.
>>Bom: Sem discussão entre futebol e novela, sem problema sobre tomar aquela gelada, entre outras coisas que fazem ela parecer mais um amigo que sua mulher.
>>Ruim: O lado bom também é o ruim. As vezes é brochante uma mulher com masculinidade.
>>Se você é uma "mulher-macho": Normalmente esse tipo de mulher quando está interessada em um tipo de homem ela tenta mostrar seu lado feminino. Aconselho a ser você mesma, independente de onde estiver. Acredite tem gosto pra tudo nesse mundo.







FONTE: INDIFERENTE-MENTE(ameei o blog)                                

                                                                                                      ISLAY ALVES

Nenhum comentário:

Postar um comentário